Uma bateria de nanodiamante que pode durar 28mil anos sem precisar ser recarregada!

Uma bateria de nanodiamante que pode durar 28mil anos sem precisar ser recarregada!





Sua criação ainda é apenas uma prova de conceito, mas, se lançada, pode ajudar a resolver problemas no fornecimento de energia

Atuando em um projeto que pode ser o principal avanço no fornecimento de energia. A NDB que é uma empresa localizada na Califórnia, criou um projeto de baterias de nanodiamante. Os criadores ainda disseram que o projeto poderá trocar a equação enérgica, atuando como se fosse minúsculos indutores nucleares.




Com tudo isso, sua duração será altamente prolongada, podendo durar cerca de 10 anos até seus incríveis 28 mil anos, sem nem precisar ser recarregada, isso dependendo do seu tamanho é claro.

Essas novas baterias deve entregar potências maiores do que as atuais sendo elas de íons de lítio. E em casos de acidentes elas serão totalmente seguras, e também quase que indestrutíveis, Usando-as em determinadas aplicações, como em carros elétricos que necessitam de mais energia, a bateria poderá ser obtida com um valor significativamente menor do que as que encontramos no mercado até então.

O interior de cada uma dessas baterias são pedaços pequenos de lixo nuclear, sendo eles reciclados. Para as baterias se tornarem radioativas, a NDB utiliza algumas peças de reatores nucleares de grafite, que tem como função absorver a radiação para assim as baterias se tornarem radioativas. Se não tivesse um tratamento, o resíduo apresentaria um grau elevado de perigo? E sem falar que que é bastante caro para ser armazenado.

A empresa manuseia esse grafite, o purifica e transforma em pequenos diamantes de carbono-14 que são colocados nos equipamentos. O pequeno diamante de carbono-14 tem a função de um semicondutor e de um dissipador de calor, pegando a carga e a levando para fora.

Para a proteção do núcleo, foi colocado um diamante carbono-12. Ele atua como mais um item de segurança, e evita possíveis vazamentos de radiação, e é a prova de violação.

*\o/ Constituição da bateria \o/*

Para se fazer a célula de bateria, são empilhadas muitas camadas desse material feito de nanodiamante, e é utilizado uma pequena placa de circuito integrado para armazenar e um minúsculo supercapacitor para coletar, guardar e liberar instantaneamente a carga.

A empresa ainda falou que sua invenção poderá ser feita em diferentes tamanhos personalizados. E poderá ser dimensionada para ser utilizada com o seu tamanho necessário para veículos elétricos. E fique tranquilo por que a vida útil da bateria irá demorar para acabar, como dito pode durar até 28 mil anos.

Foto: Paul Craft/ Shutterstock

“O NDB tem potencial de resolver a grande questão global das emissões de carbono de uma só vez sem os caros projetos de infraestrutura, custo de transporte e impactos ambientais de algumas fontes de energia”, disse John Sawe-Taylor, professor da University College London, ao comentar a criação.

“A capacidade de sua tecnologia de fornecer energia por longos períodos sem a necessidade de recarga, reabastecimento ou manutenção os coloca em uma posição ideal para atender às necessidades mundiais de energia”, completa.

Prova de conceito

Apesar de ser um projeto interessante, a criação ainda está em fase bastante inicial, com a primeira prova de conceito terminada recentemente. Apesar disso, a companhia afirma que está pronta para começar a construir seu protótipo comercial assim que os laboratórios reabrirem após o fim da pandemia.

Se a tecnologia der certo, essa pode ser o próximo passo na geração de energia. O projeto desafiaria os fundamentos da maioria das criações modernas. Isso porque cada bateria seria sua própria fonte de energia inesgotável, transformando silenciosamente o lixo nuclear em energia útil.

*Com algumas informações de: olhardigital.com.br*



Srlebre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

/** * The template for displaying the footer * * Contains the closing of the #content div and all content after. * * @link https://developer.wordpress.org/themes/basics/template-files/#template-partials * * @package Cream_Magazine */ ?>